NOTÍCIAS

Com verduras e legumes mais caros, saiba como fazer boas escolhas alimentares | Mais Saúde


O preço de muitos alimentos que fazem parte da dieta semanal pesou no bolso dos brasileiros. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 1,62% no último mês, segundo dados divulgados pelo IBGE. A alta da inflação vem puxada principalmente pelos alimentos.

A cenoura, por exemplo, que é unanimidade nos cardápios mineiros, foi o item com maior elevação: 166% em 12 meses. O valor médio do quilo vem sendo comercializado a R$ 5. Para fugir destas altas e manter uma refeição equilibrada, o nutricionista do Sistema Hapvida/RN Saúde, Igor Oliveira, sugere algumas dicas que podem ser adotadas na hora das compras.

No caso da cenoura, que é rica em sais minerais, como ferro e cálcio, vitaminas K, A, C, E, do complexo B e tem poucas calorias, a dica é optar por vegetais com propriedades similares e que sejam da estação.

“Pepino, chuchu, berinjela e abobrinha, são ótimas opções para uma variedade de nutrientes e se encontram em um valor um pouco mais acessível, ajudando na economia”, indica o especialista.
Legumes e verduras com propriedades similares e que são da estação, podem ser ótima opção para dieta equilibrada, segundo nutricionista do Sistema Hapvida/RN Sáude, Igor Oliveira — Foto: Freepik

Legumes e verduras com propriedades similares e que são da estação, podem ser ótima opção para dieta equilibrada, segundo nutricionista do Sistema Hapvida/RN Sáude, Igor Oliveira — Foto: Freepik

Mas segundo Igor, para se ter a mesma compensação nutricional, é preciso manter a escolha por alimentos naturais e evitar os chamados industrializados ou processados, que são ricos em corantes e conservantes, além de apresentarem alto teor calórico.

“O cuidado no consumo excessivo desse tipo de alimento é muito importante, principalmente se você já tem algum problema de saúde, como uma doença metabólica (diabetes, hipertensão) ”, alerta.

O Hapvida é o maior sistema de planos de saúde e odontológicos do Brasil em número de beneficiários. Em 2022, a combinação de negócios do Sistema Hapvida com o Grupo NotreDame Intermédica (GNDI) resultou na criação de uma das maiores operadoras de saúde verticalizadas do mundo, com cerca de 15 milhões de clientes e 18% de participação de mercado em planos de saúde.

Tanto o Hapvida quanto o GNDI participaram intensamente da consolidação do mercado de saúde nos últimos anos através de uma combinação de crescimento orgânico e aquisições. A companhia possui mais de 66 mil funcionários, cerca de 27 mil médicos e 33 mil dentistas.

Com a missão de garantir o acesso a saúde de qualidade a um custo eficiente, a empresa comercializa planos de saúde e odontológicos e presta serviços através de rede assistencial própria composta por 84 hospitais, 75 prontos atendimentos, 294 clínicas médicas e 262 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial. Para mais informações, acesse: hapvida.com.br e ri.hapvida.com.br



Fonte: G1


25/04/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?