NOTÍCIAS

Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo é celebrado com atividades em Uberaba; veja programação e entenda transtorno


Em celebração ao Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo, a Prefeitura de Uberaba promove uma programação especial com atividades.

Na manhã desta sexta-feira (1º), foi realizada uma panfletagem na Rua Lauro Borges, endereço da sede da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS).

Foi distribuído um material impresso com a definição do Transtorno do Espectro Autista (TEA), principais características e a importância do tratamento precoce, além de orientações sobre como solicitar a emissão da carteira de identificação do autista.

  • AUTISMO: mitos e verdades
  • AUTISMO: as descobertas recentes que ajudam a derrubar mitos sobre o transtorno

Cadastro para carteira de identificação

No sábado (2), haverá cadastro para emissão da Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea), que visa garantir o atendimento prioritário em espaços públicos e privados para pessoas com TEA.

O cadastro será feito durante o evento “Colmeia Azul”, promovido pela ONDA-Autismo (Organização Neurodiversa pelos Direitos do Autista) e grupo de acolhimento Unidos pelo Autismo.

Os interessados devem comparecer ao Sindicato dos Bancários de Uberaba, localizado na Rua Governador Valadares, nº 450, Bairro Fabrício, das 14h às 17h. Confira os documentos necessários:

  • RG e CPG do identificado e do responsável legal;
  • comprovante de endereço atualizado do identificado;
  • duas fotos 3×4 do identificado;
  • atestado médico emitido por profissional especialista em neurologia ou psiquiatria.
Sophia de Queiroz Amaral, de 4 anos, foi a primeira a receber carteira de identificação autista em Uberaba — Foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação

Sophia de Queiroz Amaral, de 4 anos, foi a primeira a receber carteira de identificação autista em Uberaba — Foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) se refere a uma série de condições caracterizadas por algum grau de comprometimento no comportamento social, na comunicação e na linguagem, e por uma gama estreita de interesses e atividades que são únicas para o indivíduo e realizadas de forma repetitiva.

O TEA começa na infância e tende a persistir na adolescência e na idade adulta. Na maioria dos casos, as condições são aparentes durante os primeiros cinco anos de vida.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas



Fonte: G1


01/04/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?