NOTÍCIAS

Dnit anuncia que deu início à obra em trecho da BR-365 em Patos de Minas

Parte da rodovia federal está interditado desde o último domingo (13), depois que foram constatados danos na cabeceira, causados pelos volumes do Rio Paranaíba e afluentes, que subiram devido às chuvas na região.

Segundo o órgão, os serviços de reconstrução do trecho, localizada no km 428 da rodovia, tiveram início com equipes realizando os serviços preliminares de remoção de defensas metálicas para em seguida iniciar o corte do aterro. Além disso, foram realizados serviços de roçada, limpeza e desobstrução de sarjeta para garantir melhores condições de segurança para os usuários.

Durante a execução dos serviços, o departamento orienta que os usuários utilizem a seguinte rota alternativa:

Para se deslocar entre Patos de Minas e Patrocínio, o usuário deve seguir pela BR-354, rumo à Lagoa Formosa, Carmo do Paranaíba e Rio Paranaíba; depois, acessar a MG-230 e passar por Serra do Salitre até retornar à BR-365, em Patrocínio.

A Unidade Local do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em Uberlândia emitiu na tarde de quinta-feira (17) um documento que permitia que a Prefeitura de Patos de Minas assumisse as obras de reparação da ponte sobre o Córrego dos Vieiras, na BR-365.

A autorização foi dada após o Dnit anunciar que havia iniciado os trabalhos no local ainda na quarta-feira (16). No documento, o Chefe do Serviço da Unidade, Vinícius Rodrigues de Castro Júnior, afirmou que a decisão foi tomada devido à “falta de posicionamento e indefinição” da Administração Superior do Dnit e da empresa detentora do contrato de manutenção do trecho.

Porém, no meio da tarde de quinta, a autorização dada a Prefeitura foi retirada e, apenas na tarde de sexta-feira o Dnit informou que deu início aos trabalhos.

Veja abaixo, mapa com alternativa de desvio.

Rota alternativa para fugir do trânsito interditado na Ponte dos Vieiras em Patos de Minas — Foto: Reprodução/Google Maps

Rota alternativa para fugir do trânsito interditado na Ponte dos Vieiras em Patos de Minas — Foto: Reprodução/Google Maps

Na terça-feira (15), o prefeito de Patos de Minas, Luís Eduardo Falcão (Podemos), havia afirmado que a Prefeitura tinha interesse e condições de consertar a ponte por conta própria. Na ocasião, ele disse que engenheiros do Dnit haviam liberado o início das obras pelo Município, mas que ainda era preciso esperar uma autorização oficial do órgão federal, que é o responsável por administrar a rodovia.

O documento, que estava previsto para chegar na noite de terça, não foi emitido. Já na quarta, em um comunicado divulgado às 16h10, o Dnit informou que os serviços de recuperação da cabeceira da ponte sobre o córrego, localizada no km 428, haviam sido iniciados, e que os técnicos do departamento monitoravam a situação e seguiam no local para restabelecer o fluxo de veículos.

Em nota emitida na manhã desta quinta, a Prefeitura de Patos de Minas chegou a confirmar que não havia recebido a autorização do Dnit para atuar no local, apesar de, segundo o Município, os engenheiros do órgão terem validado presencialmente a solução proposta.

“O Executivo local já havia iniciado o recorte do asfalto e a movimentação de terra, mas, a partir de agora, o trabalho fica a cargo exclusivamente do departamento federal. Segundo o Dnit, uma empresa terceirizada já foi contratada para assumir os serviços”, continua a nota.

Porém, já no início da tarde desta quinta, a assessoria de imprensa da Prefeitura anunciou que recebeu a autorização por parte do Dnit em Uberlândia, responsável pela administração do trecho, e que iria começar as obras.

Prefeitura de Patos de Minas tentou adiantar os trabalhos na ponte sobre a BR-365 — Foto: Ascom/Prefeitura de Patos de Minas
  • Dnit anuncia obra de reparo na ponte sobre o Córrego dos Vieiras na BR-365 em Patos de Minas
  • Espera por autorização do Dnit atrasa início das obras de reparação da BR-365 em Patos de Minas; trecho continua interditado

Na manhã de quarta, funcionários públicos e voluntários da iniciativa privada já haviam começado a adiantar os trabalhos e abriram uma passagem debaixo da ponte para que uma retroescavadeira possa ser utilizada nos reparos.

Em entrevista à TV Integração, o diretor de obras da Prefeitura, José Amorim, explicou quais reparos estariam previstos para a ponte.

“Vai ser feita uma contenção de concreto na parte de baixo e, consequentemente, vamos tirar o material para começar a estabilização do terreno e elevar o piso até a parte de pavimentação. O serviço na parte de baixo não interfere na parte de cima”, afirmou.

Além disso, segundo a Prefeitura, também está sendo construída uma passarela nas proximidades para permitir que pedestres possam transitar pelo local em segurança durante as obras. Essa obra está sendo liderada por uma empresa agroindustrial da cidade.

Prefeito de Patos de Minas diz que Dnit liberou obras em trecho da BR-365

Prefeito de Patos de Minas diz que Dnit liberou obras em trecho da BR-365!

O trânsito na Ponte dos Vieiras, que fica no km 428 da rodovia BR-365, em Patos de Minas, teve que ser completamente interditado às 11h20 de domingo para reparos estruturais. A água começou a se aproximar das bordas da estrutura da ponte, o que provocou rachaduras e a formação de uma cratera no local.

Entre às 18h30 de sexta-feira (11) até a manhã de sábado (12), o volume do rio atingiu a marca dos 11,73 metros. Até então, a BR-365 estava operando em meia pista.

Em nota emitida na segunda-feira (14), o Dnit informou que os técnicos que monitoram a ponte desde a última quinta-feira (10) detectaram um abatimento lateral no solo, o que pode causar danos à estrutura, além de oferecer riscos para os usuários da via.

Ainda segundo o órgão, equipes estavam no local buscando a melhor forma de restabelecer o fluxo de veículos com rapidez e segurança. Não há previsão de liberação do tráfego.

Segundo dados fornecidos pelo climatologista Lanzoerques Júnior, só nos 15 primeiros dias de fevereiro, foram registrados mais de 340 mm de precipitação em Patos de Minas. Esse volume é bem maior que a média de chuva esperada para todo o mês, que era de pouco mais de 200 mm.

Porém, nos últimos dois dias, não foram registrados índices relevantes de chuva na cidade, o que contribuiu para a redução do nível do Rio Paranaíba. Na última medição divulgada, feita na manhã de terça-feira, a água estava 10,81 metros acima do normal.

Fonte: G1


18/02/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?