NOTÍCIAS

Estudante de 17 anos representará a UFU em feira internacional e diz que vai 'mostrar para o mundo a ciência jovem do Brasil'


A futura estudante de física Maria Eduarda Ferreira, com apenas 17 anos, já tem um histórico exemplar de dedicação à pesquisa. Em 2020, quando estava no segundo ano do ensino médio, na Escola Estadual Professor José Ignácio de Sousa, foi contemplada com uma bolsa de iniciação científica. A adolescente estuda a ação antibacteriana do própolis verde no combater as doenças periodontais.

A oportunidade foi por meio do Programa Institucional de Iniciação Científica do Ensino Médio (Pibic-EM), por convênio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Ainda no ensino médio, em junho do ano passado, Maria Eduarda participou da segunda edição da Feira Brasileira de Jovens Cientistas (FBJC), foi quando ganhou o Prêmio de Excelência em Pesquisa. Com o segundo lugar na categoria de Ciências Biológicas, a estudante conquistou uma credencial para participar da 20ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace).

No evento que ocorreu entre os dias 14 e 26 de março, ela ganhou outros dois prêmios: o primeiro lugar na Categoria Geral Ciências Biológicas e o prêmio da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular (SBBq). E foi dessa participação que Maria Eduarda conquistou a oportunidade de ir à Feira Internacional de Ciências e Engenharia Regeneron (Isef), em Atlanta, nos Estados Unidos, entre os dias 7 e 13 de maio.

Agora, já com o ensino médio concluído, Maria Eduarda foi aprovada no curso de física da Universidade de São Paulo.

“Mais do que isso, vejo a importância de mostrar para o mundo a ciência jovem do Brasil, que a gente ainda está na luta, pela ciência que é tão desvalorizada. Apesar de tudo, estamos dispostos a ir e representar nosso país da melhor forma possível e, dessa forma, incentivar cada vez mais as atividades científicas”, afirmou.

Carlos Henrique Gomes Martins, Maria Eduarda Ferreira e Nagela Bernadelli, durante a Febrace. — Foto:  Arquivo pessoal

Carlos Henrique Gomes Martins, Maria Eduarda Ferreira e Nagela Bernadelli, durante a Febrace. — Foto: Arquivo pessoal

O principal objetivo da pesquisa de Maria Eduarda é a análise da atividade antibacteriana do própolis verde, um composto natural produzido pelas abelhas, para combater as doenças periodontais.

Os diferentes tipos de tratamento de doenças periodontais levam à utilização de diversos medicamentos, o que resulta na resistência das bactérias. Isso faz com que haja a necessidade de identificar novos compostos com potencial antibacteriano.

Com os experimentos, foi possível identificar que todas as oito bactérias trabalhadas no estudo foram inibidas de crescimento, mostrando o quanto a atividade antibacteriana da própolis é eficaz frente a essas bactérias e como existem diversos produtos naturais que precisam e devem ser estudados.

A estudante teve orientação do professor Carlos Henrique Gomes Martins, do Laboratório de Ensaios Antimicrobianos (LEA) e do Instituto de Ciências Biomédicas (Icbim/UFU), e co-orientação de Nagela Bernadelli, biomédica e doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Imunologia e Parasitologia Aplicadas (PPIPA/UFU), além de uma colaboração do professor Jairo Bastos, da Universidade de São Paulo (USP) e dos professores Ricardo Ambrósio e Rodrigo Veneziano, da Universidade de Franca (Unifran).

“Teremos a oportunidade de apresentar nos Estados Unidos o que o aluno do Ensino Médio realiza na Universidade Federal de Uberlândia. A UFU permitiu o uso dos laboratórios, e a bolsa [de Iniciação Científica] estimula que a gente possa receber esses alunos e que eles possam desenvolver [pesquisas] desde cedo, o que vai estimulá-los a continuar pesquisando quando fizerem uma graduação”, finalizou o professor, Carlos Henrique Gomes Martins.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas



Fonte: G1


05/04/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?