NOTÍCIAS

Homem é preso suspeito de matar ex-patrão por dívida trabalhista em Veríssimo


Um homem de 33 anos foi preso na tarde do último domingo (13), suspeito de ter matado o ex-patrão, de 72 anos, em uma propriedade na zona rural de Veríssimo. Segundo a Polícia Militar, o homicídio teria ocorrido durante uma briga motivada por uma dívida que a vítima tinha com o ex-empregado.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado sobre o caso, o crime ocorreu na tarde de sábado (12), mas testemunhas encontraram o corpo da vítima na fazenda apenas no domingo. A Perícia da Polícia Civil esteve no local e realizou os procedimentos de praxe.

Ao lado do corpo, foi encontrada uma espingarda sem munição. A suspeita é de que o assassino tenha usado a arma para desferir pancadas na vítima, e que não tenha chegado a efetuar disparos.

Outra arma de fogo e um facão também foram recolhidos, mas não apresentavam indícios de que tivessem sido usados na briga.

Questionadas pela PM, testemunhas revelaram que o idoso tinha como desafeto um ex-funcionário que ele tinha dispensado na última quinta-feira (10). Com essa informação, os policiais procuraram o suspeito e o abordaram na casa dele.

Aos policiais, o rapaz confirmou que havia sido dispensado da fazenda e que o ex-patrão precisava passar para ele uma quantia de R$ 630, referente aos últimos dias de trabalho dele e da esposa no local. Em um primeiro momento, ele negou ter tido contato com a vítima após o dia da demissão e disse que estava em um bar com amigos no momento em que o crime ocorreu.

No entanto, outras testemunhas afirmaram que estiveram com o suspeito no bar, mas que o homem teria afirmado que pretendia se encontrar com a vítima para receber o dinheiro. Questionado novamente, o rapaz mudou a versão e confirmou que, de fato, esteve com o ex-patrão.

Segundo ele, ao chegar à fazenda para cobrar o valor, o idoso o abordou com uma espingarda. Nesse momento, os dois entraram em conflito, e o suspeito conseguiu desarmar a vítima e desferir quatro golpes contra ela. Por acreditar que o ex-patrão estava apenas desacordado, ele deixou o local.

O homem foi detido e encaminhado para a delegacia. Ao g1 a Polícia Civil informou nesta segunda-feira (14) que o suspeito foi ouvido e teve a prisão em flagrante ratificada pelo crime de homicídio. Em seguida, foi encaminhado ao sistema prisional e segue à disposição da Justiça.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas



Fonte: G1


14/02/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?