NOTÍCIAS

Leão: tire dúvidas sobre a declaração do Imposto de Renda

Os contribuintes têm até às 23h59 do dia 31 deste mês para enviar a declaração do Imposto de Renda 2022, referente ao ano-base 2021. Inicialmente, o prazo terminaria em 29 de abril, mas a Receita Federal decidiu prorrogá-lo por conta da pandemia de covid-19. O órgão fiscal espera receber 34,1 milhões de documentos. Até 9 de maio, mais de 14 milhões ainda não tinham prestado contas ao Leão.

É obrigado a declarar quem recebeu mais de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis no ano passado. Para saber se precisa fazer o documento, basta somar salários, férias, horas extras, pensões, benefícios do INSS, entre outros rendimentos como aplicações em CDB ou o Benefício Emergencial. Se você se enquadra e ainda não enviou a declaração, confira dicas reunidas pelo Digio, plataforma de serviços financeiros.

Quem também precisa declarar

Obteve receita bruta superior a R$ 142.798,50 com atividade rural;

Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, superiores a R$ 40 mil;

Obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;

Teve a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil.

O contribuinte que perder o prazo está sujeito à multa no valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido. Se deixar de entregar a declaração, o CPF poderá ficar irregular, impossibilitando a solicitação de empréstimos, participação em concursos públicos e causando, ainda, dificuldades de ser aprovado para um cartão de crédito.

Como fazer

Primeiro, será preciso baixar o programa do Imposto de Renda. Se você vai declarar pela primeira vez, existe uma série de documentos que precisará ter em mãos: RG, CPF, Título de Eleitor e outros. Também deverá informar profissão, número de dependentes com data de nascimento e grau de parentesco, endereço de residência e dados da conta bancária para pagamento ou restituição do IR.

Caso já tenha realizado uma declaração do IRPF, uma dica: importe sua declaração do ano passado. Isso vai economizar seu tempo no preenchimento de boa parte dos dados pessoais e você só vai precisar informar os rendimentos e despesas para este ano. É importante verificar se as informações estão corretas e atualizadas, caso tenha mudado de casa, por exemplo.

Separe todos os documentos como o Informe de Rendimento da sua conta bancária, empresas que trabalhou ou de todas as rendas que recebeu e também os gastos com convênio médico, IPTU, compra e venda de imóveis ou veículos, notas fiscais, recibos de pagamento de mensalidade escolar.

MSN – Economia




19/05/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?