NOTÍCIAS

MPMG investiga acionamento acidental de sirenes em barragem de Paracatu | Triângulo Mineiro


De acordo com o MPMG, o inquérito foi instaurado na última sexta-feira (1º) e determina que sejam realizadas vistorias no local pela Agência Nacional de Mineração (ANM) e pela Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam). Também foi solicitado que sejam elaborados documentos técnicos para checar a situação das barragens e o motivo do acionamento.

O incidente ocorreu por volta das 20h da quinta-feira. Segundo o Corpo de Bombeiros, a população foi orientada a deixar as residências e deslocar até os pontos de encontro. Alguns moradores acionaram os militares para auxílio na retirada de pessoas com dificuldade de locomoção.

“Estamos atuando com prioridade e urgência para o adequado esclarecimento dos fatos e a adoção das medidas necessárias à proteção das pessoas e do meio ambiente”, detalhou a promotora de Justiça Mariana Duarte Leão.

O g1 procurou a empresa Nexa, responsável pela barragem, além da ANM e da Feam, para saber se já foram notificados pelo MPMG, mas não teve retorno até a última atualização da matéria.

No dia do ocorrido, em nota, a Nexa informou que o acionamento foi não intencional. A empresa lamentou o ocorrido e disse que averiguaria as causas do ocorrido. “Todas as barragens estão seguras e foram vistoriadas recentemente pelos órgãos reguladores e pela consultoria externa especializada que atestaram as suas estabilidades”, diz o texto.

Em maio de 2021, uma situação semelhante foi registrada também em Paracatu. Na ocasião, os sistemas de emergência da barragem Eustáquio, da mineradora Kinross, foram disparados, por uma “falha no sistema”, como apontou a empresa. O sinal sonoro ficou acionado por 19 minutos na Comunidade do Cunha, na zona rural da cidade.

Assustados, os moradores tiveram que deixar suas residências às pressas. O ocorrido resultou em uma Ação Civil Pública, que tramita na comarca de Paracatu. A intenção da ação é reparar “danos morais coletivos, bem como a adoção de medidas para assegurar o correto funcionamento do sistema de emergência do empreendimento minerário”.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas



Fonte: G1


04/07/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?