NOTÍCIAS

Mulher denuncia que foi agredida pelo companheiro em Uberaba


Uma mulher de 40 anos relatou à Polícia Militar (PM) na última segunda-feira (28) que foi agredida pelo companheiro dela com socos na cabeça, puxões no cabelo e estrangulamento em Uberaba. A filha dela também afirmou ter sido agredida.

Após o ocorrido, o suspeito de 27 anos deixou o local e não foi localizado pela PM na noite das agressões. O g1 procurou a Polícia Civil nesta quinta-feira (3) para saber se o caso é investigado e se o jovem foi preso, mas não houve retorno até a última atualização desta reportagem.

O caso ocorreu em uma residência no Bairro Residencial Rio de Janeiro. De acordo com a PM, a mulher afirmou que mantinha uma relação de união estável com o suspeito. Na noite do registro, os dois consumiam bebidas alcoólicas juntos, até que o jovem ficou violento e passou a agredi-la.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima apresentava lesões na região do pescoço e queixas de dores de cabeça. Na tentativa de separar a briga, a filha da vítima de 21 anos também entrou em luta corporal com o suspeito e ficou ferida nos braços e nas pernas. As duas dispensaram atendimento médico.

Antes de deixar o local, o rapaz ainda teria proferido ameaças de morte contra as vítimas. Horas depois, de acordo com a companheira, ele ainda teria arremessado uma pedra no telhado da residência.

Ainda segundo a mulher, o jovem já havia sido preso por agressões anteriores, mas que, na ocasião, ela preferiu retirar a queixa. A reportagem procurou a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp) para confirmar se ele de fato ele foi detido, mas também não obteve retorno até a última atualização desta matéria.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas



Fonte: G1


03/03/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?