NOTÍCIAS

Novo Ensino Médio já será realidade para alunos do 1º ano em Minas

Com início da aulas, nova proposta pedagógica será implementada nas escolas públicas e privadas de todo o país

O ano letivo na rede estadual de ensino de Minas Gerais terá início na segunda-feira (7/2) e trará novidades para os alunos do 1º ano do ensino médio. A partir deste semestre, temas como Projeto de Vida, Eletivas e Itinerários Formativos farão parte da rotina escolar.

Na Escola Estadual Geraldo Teixeira da Costa, em Santa Luzia, na RMBH, professores e gestores aguardam o início do ano letivo com grande expectativa. “Sabemos que não será fácil, mas não podemos ter medo de começar. Essa reforma já devia ter sido realizada. O currículo precisava dessa atualização para atrair mais a atenção dos alunos. Estamos com muita expectativa que dê tudo certo”, conta a diretora Patrícia Bernadete Xavier Andrade Lima.

Segundo a diretora, os profissionais da escola participaram das formações indicadas pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) e agora irão vivenciar, na prática, os conhecimentos adquiridos. Ao longo desta semana, os professores coordenadores se reuniram com os colegas para orientar e discutir sobre o Novo Ensino Médio. Uma live, em parceria com escola vizinha, também foi realizada para esclarecer as dúvidas da comunidade escolar. A escola também elaborou cartilhas que serão distribuídas para os estudantes.

O que muda

Com a implementação do Novo Ensino Médio, as unidades de ensino passarão a contar com um horário a mais de aula e com a disponibilidade de itinerários formativos aos alunos, sistema que confere mais liberdade para o estudante focar em saberes de seu interesse, além das matérias básicas de ensino, como Língua Portuguesa e Matemática.

Exemplo vem da Escola Estadual Geraldo Teixeira da Costa. Na unidade foram escolhidas, pela direção e colegiado escolar, eletivas direcionadas para técnicas de redação, para já começar com a preparação do estudante para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e Matemática Financeira. “Com o Novo Ensino Médio, temos a oportunidade de auxiliar o estudante a traçar um percurso”, conta Patrícia.

Escolas piloto

No estado, 13 escolas estaduais atuam como piloto para a proposta do Novo Ensino Médio. Elas estão localizadas em diferentes regiões mineiras: Jequitinhonha-Mucuri, Central, Alto Paranaíba, Norte, Triângulo e Sul. Para a escolha dessas unidades de ensino, os critérios adotados foram os estabelecidos pela Portaria MEC nº 1.024, de 4 de outubro de 2018, considerando as características que as potencializaram como laboratório do projeto.

Uma das escolas piloto é a Escola Estadual Joaquim Maurício de Azevedo, em Janaúba. Segundo o diretor da unidade, Heleno Alves Teles, o início da implementação da proposta, em 2021, foi um pouco complicado devido ao ensino remoto, mas com a retomada das atividades presenciais foi possível perceber a mudança de postura dos estudantes. “Essa mudança era necessária. É importante tornar o ensino mais atrativo para o aluno. Quando eles retornaram presencialmente para a escola, foi possível perceber uma mudança de postura. Estamos na expectativa  da ampliação para este ano”, conta. Na escola, a nova proposta estará presente neste ano nas turmas de 1º e 2º ano do ensino médio.

Novo Ensino Médio

Um dos objetivos das mudanças é tornar a etapa de ensino mais atraente e relacionada à realidade dos jovens, promovendo, assim, uma aprendizagem mais significativa aos alunos do ensino médio e colaborando para diminuição da evasão escolar.

Uma das principais mudanças é a ampliação da carga horária anual, que passará de 833h20 min para 1 mil horas. Na rede estadual de ensino mineira, a ampliação será baseada na criação do sexto horário ou, em casos excepcionais, em contraturno.

No estado, os Itinerários Formativos serão compostos pelos seguintes unidades/componentes curriculares: “Projeto de Vida”, que considera as dimensões do contexto do presente, as aspirações/projeções de futuro e os posicionamentos do estudante como sujeito social e cidadão; “Preparação para o Mundo do Trabalho”, que contempla introdução ao mundo do trabalho, à tecnologia e à inovação; “Aprofundamento nas Áreas do Conhecimento”, composto por Núcleo de Inovação Matemática, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Práticas Comunicativas e Criativas e Humanidades e Ciências Sociais; e as “Eletivas”, que irão oportunizar a diversificação das experiências escolares.

A implementação da proposta ocorrerá de forma gradual. Em 2022, o Novo Ensino Médio será realidade nas escolas que disponibilizam o 1º ano. Já em 2023, nas turmas do 1º e 2º ano; e, em 2024, nas de 1º, 2º e 3º.

O Novo Ensino Médio foi instituído pela Lei Federal 13.415/2017, que faz alterações na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Em Minas Gerais, as mudanças têm como documento norteador o Currículo Referência de Minas Gerais do Ensino Médio.

Amirt

As informações são da Agência Minas Gerais. 




07/02/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?