NOTÍCIAS

Pendurou a coleira: cadela farejadora Raja se aposenta da Polícia Militar após 10 anos


A cadela Raja, após dedicar-se durante uma década à Polícia Militar, vai pendurar a coleira. Chegou o momento de ela se aposentar e não ser mais aplicada em ocorrências policiais. Nascida em Belo Horizonte, veio para Montes Claros, no Norte de Minas, quando ainda era nova.

“Ela já tem dez anos de vida e de entrega à PM. Infelizmente, é hora de parar. Subir no compartimento da viatura, por exemplo, não é mais tarefa fácil para ela. Os passos dela, que eram rápidos, ficaram mais lentos. A fadiga também é bastante evidente. Por esses e todos os outros sinais de senilidade, é momento de ir para a ‘reserva’”, diz o tenente Rogério Mendes.

Raja foi especialista em localizar armas e entorpecentes. Com curiosidade aguçada e faro apurado, foi quem, entre os cachorros do canil de Montes Claros, mais apreendeu ilícitos. Embora os policiais não consigam precisar quantidade, pontuam que seria suficiente para encher um caminhão.

Cadela Raja localiza drogas escondidas em matagal

Cadela Raja localiza drogas escondidas em matagal

“Para que obtivesse êxito nas ocorrências, Raja treinou muito. A cadela, da raça pastor alemão, possui mais de 200 milhões de células olfativas, enquanto nós, cerca de cinco milhões. Mesmo que as pessoas tenham escondido drogas em tambores, debaixo da terra ou, ainda, a misturado a produtos como café, com a ideia de disfarçar odores, não deu para a criminalidade e ela localizou tudo, contribuindo efetivamente para a segurança pública”, conta Mendes.

Uma família de Montes Claros vai adotar Raja e continuar entregando todo o cuidado que ela merece. E carinho também.

“Já selecionamos um cão para substituí-la, mas vai demorar um pouco para ele conseguir alcançar o mesmo patamar e a mesma eficácia dela. Ela é incomparável. A família que a receberá vai continuar honrando a história e o legado de importante cadela policial”, fala o tenente.

Quem também vai sentir falta de Raja é a cabo Amanda, militar que integra a equipe das Rondas Ostensivas com Cães (Rocca), da 11ª Companhia de Policiamento Especializado da PM.

“Trabalhar com Raja foi surpreendente. Sempre nos recepcionou muito bem. Era como se fosse uma pessoa, porque a entrega dela à segurança pública foi real. Eu já sinto falta. Todos os dias, chegava, limpava o box em que ela ficava, brincava. Uma harmonia, sabe? Olhar para o box e saber que não vou encontrá-la mais é triste, mas, de alguma forma, ela permanece aqui, nos nossos corações”.

Cadela Raja vai para a reserva após 10 anos de serviço — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Cadela Raja vai para a reserva após 10 anos de serviço — Foto: Polícia Militar/Divulgação



Fonte: G1


16/02/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?