NOTÍCIAS

Segundo LIRAa de 2022 mostra redução de quase 5% no índice de infestação do Aedes aegypti em Uberaba


O segundo Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) de 2022, realizado em Uberaba entre 2 e 6 de maio, apontou índice de 3%. Isso significa que a cidade está em situação de alerta em relação ao mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika. O primeiro LIRAa, feito em janeiro de 2022, resultou em índice de 7,7%.

De acordo com a Prefeitura, os bairros com maiores índices (veja abaixo) receberão ações intensificadas:

  • Vila João Pinheiro (47,62%)
  • Residencial Petrópolis, (16,67%)
  • Vila Isabel do Nascimento (14,71%)
  • Residencial Nova Era (14,29%).
  • Ayat Club Residencial (11,11%)
  • Alfredo Freire 3 (10,34%)
  • Residencial Morumbi 2 (10%)
  • Residencial Dom Eduardo (9,52%)
  • Jardim Indianópolis (9,38%)

O LIRAa também apontou que os principais criadouros do mosquito continuam dentro das casas:

  • em depósitos móveis, como vaso de planta, pratos, frascos com plantas, bebedouros animais, fontes ornamentais, objetos religiosos/rituais;
  • em depósitos fixos, como calha, laje, ralos, sanitários em desuso, tanque de depósitos de obras, dentre outros;
  • no lixo, como sacolas plásticas, garrafas vazias, casca de ovo, caixa de leite, ferro-velho, recicladoras e entulhos.

Conforme o chefe da Seção de Controle de Endemias, Diogo Barros, o trabalho realizado durante o ano, com diversas ações específicas, foi importante para a queda do índice, mas a colaboração da população ainda é a ferramenta essencial para evitar uma epidemia de dengue.

“O Mutirão de Limpeza atuou durante todo o ano de 2021. Em 2022, tiramos mais de 23 toneladas de lixo de dentro das casas e, mesmo assim, um dos principais tipos de criadouros identificados foi o lixo e também depósitos móveis, que são itens fáceis de serem verificados em inspeção semanal que o morador pode fazer em casa”, acrescentou.
  • LEIA TAMBÉM: Seis mortes por dengue são registradas em Uberlândia e mais 3 cidades do Triângulo e Alto Paranaíba
Cresce procura por atendimentos de casos suspeitos de dengue em Uberaba

Cresce procura por atendimentos de casos suspeitos de dengue em Uberaba

O LIRAa é uma metodologia de trabalho em que o município é dividido em estratos, que determina o número de imóveis. Os quarteirões são selecionados por um programa de computador, o qual indica quantos e quais quarteirões serão trabalhados. Em cada localidade, é pesquisada uma a cada cinco residências.

Os estratos com índices de infestação predial inferiores a 1%, não apresentam risco. Já aqueles com índice de infestação entre 1% e 3,9% são considerados como situação de alerta. O risco de surto de dengue ocorre quando o índice de infestação é maior que 4% dos imóveis pesquisados.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas



Fonte: G1


17/05/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?