NOTÍCIAS

Tribunal de Justiça entrega medalha desembargador Hélio Costa ao Tenente Adriano

Foto: Gilberto Martins

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais, através da comarca de Rio Paranaíba, realizou na noite desta sexta-feira (03) a entrega da medalha ‘Desembargador Hélio Costa’, ao comandante da 216ª CIA da Polícia Militar em São Gotardo, 2° Tenente Alvimar Adriano Alves, com a presença do Juiz de Direito da comarca, Dr. Luís Mário, da promotora de justiça, Dra. Sofia Frange, dos prefeitos de Rio Paranaíba e Arapuá, Valdemir Diógenes e João Terto, além do Major Sócrates representando o comandado do 15° BPM; o Tenente Fortuna que é comandante do Pelotão de Rio Paranaíba e Sargento Sidney, comandante do Destacamento de Arapuá.

O presidente da Câmara Municipal de Rio Paranaíba, Nilton Boaventura; os vice-prefeitos de Rio Paranaíba e Arapuá, o comendador de Rio Paranaíba, Nilton de Oliveira; membros do Poder Judiciário local, o direito geral do campus da UFV, Renato Ruas, representante da Maçonaria e a família do Tenente Adriano também participaram da solenidade realizada no salão do júri do Fórum da cidade.

A cerimônia, que foi transmitida ao vivo pelas redes sociais, foi iniciada pelo juiz Dr. Luís Mário e seguiu com homenagens e a entregada da medalha que é uma das maiores honrarias do Tribunal de Justiça do Estado. Fizeram uso da palavra, o juiz que destacou o trabalho que o Tenente Adriano desempenhou em Rio Paranaíba, relembrando a fatídico assalto em São Gotardo, onde o militar teve a oportunidade de abandonar o local dos fatos e não o fez para cumprir sua missão junto com demais policiais que estavam naquele dia.

A promotora, Dr. Sofia, também ressaltou que sempre teve boa convivência com o tenente e que a homenagem é merecida. Por sua vez, também fez uso da palavra, o companheiro de farda do militar, que hoje está à frente do Destacamento da PMMG em Arapuá, Sargento Sidney que fez uma retrospectiva da caminhada militar de Adriano e contou que foram junto à Patos de Minas faz a prova para entrarem na gloriosa Polícia Militar.

Num momento de emoção, Ana Luiza, filha do tenente, leu uma mensagem em nome de toda família dedicada ao pai, exaltando seu papel de casa e dentro da sociedade. O militar ainda recebeu das mãos da primeira-dama e secretária de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Mauriza Galvão e do prefeito de Arapuá, João Terto, uma cesta de produtos típico das duas cidades.

Em seu pronunciamento, Adriano destacou a alegria em recebeu a honraria do Tribunal de Justiça e fez agradecimento à todas as pessoas que o ajudaram durante sua caminhada profissional. O militar ressaltou ainda que para chegar até o momento de recebeu a medalha ‘Desembargador Hélio Costa, presenciou vários momentos em vida pessoal e profissional que ficaram marcados.

“Hoje está sendo um dos dias mais marcados da minha vida pessoal/profissional. Para chegar até esse momento eu vivi momentos bons, felizes… mas também como qualquer outra pessoa, passei por momentos difíceis onde os obstáculos do caminho foram sendo superados um a um. Por questão de gratidão à família, eu tenho que lembrar de momentos desde a minha infância”, destacou Tenente Adriano.

Após a cerimônia, Tenente Adriano recebeu os cumprimentos dos presentes no hall do Fórum em um momento de descontração e animação.

MEDALHA HÉLIO COSTA

Criada em dezembro de 1995, a comenda agracia uma única vez personalidades e instituições que tenham prestado relevantes serviços ao Poder Judiciário local. O objetivo do evento é aproximar o Judiciário e a comunidade.

A medalha e um diploma são entregues bienalmente em todas as comarcas do estado, sempre nos anos ímpares, desde 1996. A recomendação é que a homenagem seja outorgada preferencialmente nas comemorações pelo Dia da Justiça, 8 de dezembro, entretanto algumas comarcas, como Uberaba e Capinópolis, já realizaram a solenidade, sendo possível fazê-lo também em datas posteriores.

O agraciado deve ter conduta ilibada e precisa ter se destacado na contribuição para a realização da Justiça no âmbito do primeiro grau. A escolha é feita por uma comissão, presidida pelo juiz diretor do foro da comarca e integrada por autoridades judiciárias e políticas locais.

DESEMBARGADOR HÉLIO COSTA

O patrono da medalha foi presidente do TJMG (1980/1981) e corregedor-geral de justiça (1976/1977). Presidiu, ainda, o Tribunal de Justiça Esportiva de Minas Gerais (1961/1963) e o Tribunal Regional Eleitoral (1973), e foi provedor da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte (1985-1991).

Dedicou-se ao magistério como professor de direito civil e comercial na Universidade Federal de Minas Gerais e na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, em cuja Faculdade de Direito foi vice-diretor (1966-1969) e diretor (1969-1978). De setembro de 2003 a dezembro de 2011, quando faleceu, ocupou o cargo de superintendente da Memória do Judiciário Mineiro (Mejud).




04/12/2021 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?