NOTÍCIAS

VÍDEO: observatório flagra meteoro no céu do Alto Paranaíba; entenda fenômeno


Um meteoro foi visto na noite do último sábado (26) na região do Alto Paranaíba. O fenômeno luminoso ocorreu às 20h55 e foi registrado pela câmera do Observatório IDS de Patos de Minas , que é ligado à Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon).

No vídeo acima é possível ver um clarão no céu. Além de Patos de Minas, o meteoro foi visto por moradores das cidades de Tiros, Abaeté, Cedro do Abaeté, São Gotardo, Rio Paranaíba, Carmo do Paranaíba, entre outros municípios.

Observatório não registrou explosão

O responsável pelo observatório IDS de Patos Minas, Ivan Soares, explicou que o fenômeno não pode ser considerado como “bólido”, já que não houve explosão.

Soares disse ainda que, possivelmente, o meteoro se desintegrou ao passar pela atmosfera da Terra e não tocou o solo.

O meteoro é um fenômeno luminoso resultado da entrada de fragmentos de um corpo celeste na atmosfera da Terra. O atrito do material sólido em alta velocidade com os gases presentes na atmosfera faz com que ele se torne incandescente e deixe um rastro luminoso no céu.

Meteoro no Triângulo Mineiro

Meteoro visto no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba — Foto: Reprodução/Bramon

Meteoro visto no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba — Foto: Reprodução/Bramon

No início do ano, um meteoro atingiu a atmosfera da Terra e foi visto por moradores do Triângulo e Alto Paranaíba, na noite do dia 14 de janeiro. Segundo a Bramon, o corpo celeste atingiu velocidade de 43,7 mil km/h.

O fenômeno foi visto por moradores de Uberlândia, Patos de Minas, Nova Ponte, Santa Juliana, Pedrinópolis e Perdizes nas redes sociais. Segundo alguns depoimentos, um rastro de luz foi deixado no céu seguido de um estrondo.

Ainda de acordo com a Bramon, a análise de vídeos também apontou que a rocha espacial atingiu a atmosfera da Terra em um ângulo de 38,6° em relação ao solo. O brilho começou a uma altitude de 86,6 km sobre a zona rural de Uberlândia.

O meteoro ainda percorreu 109,3 km em 9 segundos. A rocha desapareceu a 18,3 km de altitude entre os municípios Perdizes e Araxá.

Trajetória estimada meteoro Triângulo Mineiro Alto Paranaíba Uberlândia Araxá Perdizes 15/01/2022 — Foto: Bramon/Divulgação

Trajetória estimada meteoro Triângulo Mineiro Alto Paranaíba Uberlândia Araxá Perdizes 15/01/2022 — Foto: Bramon/Divulgação

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas



Fonte: G1


28/03/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?