NOTÍCIAS

Vítimas de acidente entre moto aquática e lancha são enterradas no interior de SP



Adolescente de 13 anos pilotava a moto aquática no Rio Grande, em Fronteira (MG). Ele e um passageiro da lancha, de 36 anos, morreram. Carlos Eduardo Ribeiro Batista, de 13 anos, e Carlos Henrique Maiello, de 36, morreram no acidente entre uma moto aquática e uma lancha, em Fronteira (MG) Arquivo pessoal Foram enterradas nesta segunda-feira (22), no noroeste paulista, as vítimas do acidente entre uma moto aquática e uma lancha no Rio Grande, em Fronteira (MG). 📲 Participe do canal do g1 São José do Rio Preto e Araçatuba no WhatsApp Carlos Eduardo Ribeiro Batista, de 13 anos, pilotava a moto aquática. Ele foi sepultado às 9h, no Cemitério Jardim da Paz, em São José do Rio Preto (SP). Carlos Henrique Maiello, de 36 anos, foi enterrado no Cemitério Municipal de Uchoa (SP). Acidente lancha moto aquática Rio Grande Fronteira Triângulo Mineiro Corpo de Bombeiros/Divulgação De acordo com a Polícia Civil, o acidente aconteceu no sábado (20), quando o adolescente bateu a moto aquática na lancha do Clube Náutico, que era pilotada por um funcionário do clube e realizava um passeio com a família de Carlos Henrique. Além do piloto e da vítima, estavam na lancha a esposa de Maiello e os dois filhos do casal. Com o impacto, apenas um dos filhos, de 7 anos, permaneceu na lancha, sendo que os demais ocupantes foram arremessados na água. Ao cair na água, Carlos Henrique foi atingido na cabeça pela hélice do motor da lancha. Ele e o adolescente que pilotava a moto aquática foram resgatados, porém, não resistiram aos ferimentos. Os filhos e a esposa de Maiello foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com ferimentos leves e levados para o Hospital Municipal. O piloto da lancha não se feriu. Em nota, o Clube Náutico informou que “está dando todo suporte e informações para as autoridades e por respeito às vítimas e seus familiares, todo o posicionamento e informações serão passadas pelas autoridades que estão investigando o caso. Nossos sinceros sentimentos às famílias das vítimas”. Homem desaparece após cair de moto aquática no rio Tietê Investigação Ainda conforme a Polícia Civil, uma perícia técnica foi feita pela corporação nos veículos e no local. Um inquérito foi instaurado ainda no sábado. O padrasto do adolescente e o piloto da lancha foram levados para a delegacia em Frutal, onde foram ouvidos. A causa do acidente ainda é apurada. Em nota, a Marinha informou que assim que foi notificada do acidente “imediatamente a Capitania Fluvial do Tietê-Paraná (CFTP) deslocou uma equipe ao local para apurar as causas e circunstâncias do acidente”. Veja mais notícias da região no g1 Rio Preto e Araçatuba VÍDEOS: confira as reportagens da TV TEM

Fonte: G1


22/01/2024 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?