NOTÍCIAS

Você viu? Homem pede indenização da companheira por cuidar do enteado, mulher luta por remédio e Prefeitura diz não ter dinheiro para comprar e assassino de criança é morto com 15 tiros | Triângulo Mineiro


Em outubro, a Prefeitura comprou a primeira dose, que foi aplicada no dia 17, com segunda dose prevista para 21 dias depois. No entanto, o Município entrou com recurso na Justiça tentando reverter a decisão, argumentando que o custo do medicamento é muito alto e o tratamento anual da paciente extrapolaria o orçamento, afirmando que a droga dever ser comprada pelo Estado e a União.



Fonte: G1


04/11/2023 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?