NOTÍCIAS

Você viu? Médica a caminho do plantão morre ao bater carro, mãe e padrasto de menino de 5 anos são presos e quase R$ 1 milhão em cheques apreendidos com CACs



Resumo de notícias da semana de 25 de novembro a 1º de dezembro. A médica Bruna Borges Ferraz que morreu em acidente na BR-153 e policial segura dinheiro apreendido de alvos de operação Montagem/g1 Olá! Confira o que foi destaque no g1 nesta semana. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram Médica morre a caminho do plantão A médica Bruna Borges Ferraz morreu em um acidente na BR-153, em Prata. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima vinha de um plantão em Monte Alegre de Minas e ia para outro, em Prata. O acidente ocorreu por volta das 16h25, quando o carro aquaplanou devido à chuva, invadiu a pista contrária e bateu na lateral de um caminhão. O motorista do caminhão, de 43 anos, ficou gravemente ferido. Bruna tinha 33 anos, vivia em Prata e atuava como pediatra geral no Hospital Santa Casa de Monte Alegre de Minas e no Hospital Madrecor, em Uberlândia. 📲 Receba no WhatsApp notícias do Triângulo e região Carro da médica ficou destruído por causa do acidente Polícia Rodoviária Federal/Divulgação Mãe e padrasto de menino são presos por abandono de incapaz A mãe e o padrasto do menino de 5 anos que morreu no Bairro Vila São Vicente, em Uberaba, na manhã de quinta-feira (23) foram presos por abandono de incapaz. As prisões foram ratificadas após serem ouvidos pela Polícia Civil. No entanto, os suspeitos foram liberados mediante o pagamento de fiança. Um inquérito policial foi instaurado para a investigar os fatos. A corporação informou, ainda, que o corpo do menino passou por exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) e, após os procedimentos, foi liberado aos familiares. A Polícia aguarda a conclusão dos laudos para atestar as circunstâncias e a causa da morte. Quase R$ 1 milhão em cheques, armamento e drogas Sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos na terça-feira (28) em uma operação contra colecionadores, atiradores desportivos e caçadores (CACs) que tiveram o registro cancelado no Sistema de Gerenciamento Militar de Armas (Sigma) em Minas Gerais. Dinheiro, armas e drogas foram apreendidas, e houve prisões em flagrante. A operação “Cessar-fogo” foi realizada pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado de Uberaba (Gaeco), pela Polícia Militar e pelo Exército Brasileiro. Os mandados foram cumpridos em Uberaba, Campo Florido e Fronteira. Segundo as forças de segurança, durante a operação foram realizadas prisões em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, lavagem de dinheiro e posse de drogas. Também foram apreendidos vários armamentos, quase R$ 100 mil em dinheiro e R$ 1 milhão em cheques. Operação Cessar-fogo cumpre mandados em Uberaba, Fronteira e Campo Florido Gaeco/Divulgação LEIA TAMBÉM: AGENDA CULTURAL: Exposição, lançamento de livro e cover de Pink Floyd são atrações do fim de semana em Uberlândia e Uberaba CAMPEONATO BRASILEIRO: América-MG x Flamengo: 39 mil ingressos são vendidos para confronto MUNDO: Irlandeses fazem vaquinha para agradecer brasileiro que salvou crianças de atentado 📲 Siga as redes sociais do g1 Triângulo: Instagram, Facebook e Twitter 📲 Receba no WhatsApp as notícias do g1 Triângulo VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

Fonte: G1


02/12/2023 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?