NOTÍCIAS

Erosão causa abertura de buraco às margens da BR-365, entre Patos de Minas e Varjão de Minas


Mais um buraco ameaça atrapalhar e até mesmo interromper o trânsito na BR-365. Desta vez, o problema causado pelas chuvas está no trecho que liga os municípios de Patos de Minas e Varjão de Minas. Em fevereiro, o trânsito ficou totalmente interditado por mais de 10 dias devido a um problema na ponte sobre o Córrego dos Vieiras (relembre mais abaixo).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o buraco fica às margens da rodovia e já era monitorado. No entanto, as chuvas de janeiro e fevereiro fizeram a erosão aumentar e atingir o acostamento no km 373.

O buraco tem aproximadamente 30 m de comprimento e 2 m de profundidade. A cratera está em um trecho perigoso, no início de uma curva perigosa, seguida de descida. O local foi sinalizado pela PRF, mas os motoristas devem redobrar a atenção.

Área próxima ao buraco está sinalizada — Foto: TV Integração/Reprodução

Área próxima ao buraco está sinalizada — Foto: TV Integração/Reprodução

Em nota, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou que está monitorando a situação para evitar mais danos ao patrimônio público.

O Departamento também afirmou que a Superintendência Regional, em Minas Gerais, emitiu nota de início de contrato emergencial para recuperação do trecho.

  • CONCESSÃO: Audiência pública detalha modelo de concessão da BR-365 entre Uberlândia e Patrocínio
  • EXCLUSÃO: MPF pede que trecho da BR-365 entre Uberlândia e Patrocínio seja excluído do programa de concessões rodoviárias de MG

Na ocasião, ele disse que engenheiros do Dnit haviam liberado o início das obras pelo Município, mas que ainda era preciso esperar uma autorização oficial do órgão federal, responsável por administrar a rodovia.

No entanto, o documento não foi emitido. Já no dia 16 de fevereiro, o Dnit informou que os serviços de recuperação haviam sido iniciados, e que os técnicos do departamento monitoravam a situação e seguiam no local para restabelecer o fluxo de veículos.

Em nota emitida na manhã do dia 17, a Prefeitura de Patos de Minas chegou a confirmar que não havia recebido a autorização do Dnit para atuar no local, apesar de, segundo o Município, os engenheiros do órgão terem validado presencialmente a solução proposta.

“O Executivo local já havia iniciado o recorte do asfalto e a movimentação de terra, mas, a partir de agora, o trabalho fica a cargo exclusivamente do departamento federal. Segundo o Dnit, uma empresa terceirizada já foi contratada para assumir os serviços”, continua a nota.

Interdição da BR-365 em Patos de Minas na ponte sobre o Córrego dos Vieiras — Foto: Emílio Braga/TV Integração

Interdição da BR-365 em Patos de Minas na ponte sobre o Córrego dos Vieiras — Foto: Emílio Braga/TV Integração

Já no início da tarde do mesmo dia, a assessoria de imprensa da Prefeitura anunciou que havia recebido a autorização por parte da Unidade Local do Dnit em Uberlândia e que iria começar as obras.

No documento, o chefe do serviço da unidade, Vinícius Rodrigues de Castro Júnior, afirmou que a decisão foi tomada devido à “falta de posicionamento e indefinição” da Administração Superior do Dnit e da empresa detentora do contrato de manutenção do trecho.

Porém, horas depois, a autorização dada a Prefeitura foi retirada pelo próprio Dnit, que assumiu de vez a responsabilidade pelas melhorias. Apenas na tarde do dia 18, o órgão informou que deu início aos trabalhos.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas



Fonte: G1


04/03/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?