NOTÍCIAS

Polícia investiga se os 300 bezerros resgatados em Cunha eram usados para aplicar golpes financeiros


A suspeita da polícia foi apresentada em uma reportagem do Fantástico deste domingo (13), que mostrou que os proprietários usavam os animais para fazer ofertas de investimento em gado nas redes sociais.

O dono do negócio usava as redes sociais para ofertar investimentos nos animais. Segundo os anúncios na internet e em vídeos, ele informava que os interessados poderiam comprar o gado por R$ 2 mil e depois de um ano, ele receberia R$ 2,5 mil pelo negócio.

A promessa de lucro é de 25% ao ano para os investidores, com animais bem tratados. No anúncio, o empresário responsável pelo negócio ainda afirma que a carne dos animais seria de qualidade e vendida nas lojas da própria rede.

De acordo com a investigação, como nenhum bezerro da fazenda tem condições sanitárias para ser negociado, o negócio apresenta características de pirâmide financeira.

Animais em situação de extremos maus tratos são encontrados em Cunha-SP — Foto: Divulgação/Polícia Ambiental

Animais em situação de extremos maus tratos são encontrados em Cunha-SP — Foto: Divulgação/Polícia Ambiental

Segundo A reportagem explicou que no esquema de pirâmide, quem entra primeiro fica no topo, e recebe o dinheiro dos que vão chegando e ficam na base. Só que as pessoas que chegam por último ficam sem nada. Sem novos investidores para sustentar a pirâmide, ela desmorona.

O caso está sendo investigado pelo Ministério Público e pela Polícia Civil. Os animais resgatados serão transferidos para um santuário de animais que fica na cidade de Camanducaia, em Minas Gerais.

Polícia encontra 302 bovinos em situação de maus-tratos em Cunha, SP — Foto: Divulgação/ Polícia Ambiental

Polícia encontra 302 bovinos em situação de maus-tratos em Cunha, SP — Foto: Divulgação/ Polícia Ambiental

Os animais foram encontrados pela Polícia Ambiental no dia 2 de fevereiro, sem acesso a alimentação, água ou suporte veterinário, em situação de abandono. Ao todo, foram localizados 302 bezerros.

Na ocasião, o dono foi multado em R$ 900 mil e a Justiça determinou que desse tratamento aos animais, sob pena de multa diária de R$ 10 mil para cada animal em risco. Apesar da ação, os animais seguiram abandonados e a Justiça autorizou o resgate.

Na mesma semana, os bezerros resgatados foram levados a um hospital de campanha montado no recinto de exposições de Cunha, em um espaço cedido pela prefeitura. Os animais foram alimentados e depois encaminhados a hospitais veterinários, por ativistas e ongs do direto animal.

Veja mais notícias do Vale e região bragantina



Fonte: G1


14/02/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?