NOTÍCIAS

VÍDEO: bares e boates são interditados em Uberlândia na 3ª fiscalização de perturbação do sossego e desrespeito às normas de biossegurança | Triângulo Mineiro


Pelo 2º fim de semana seguido, bares e boates foram interditados em Uberlândia por desrespeito às normas de biossegurança e perturbação do sossego. A ação foi realizada pela Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros, Secretaria de Trânsito e Transportes (Settran), fiscais de postura e Comissariado da Infância e Juventude.

A “Operação Eirene II” ocorreu entre sexta-feira (18) e domingo (20) no Centro, Bairro Santa Mônica e Avenida Rondon Pacheco.

De acordo com a Polícia Militar (PM), 10 bares foram interditados e 16 notificações de perturbação do sossego, ocupação de via pública e circulação de vasilhames de vidro foram registradas. Ainda segundo a PM, os bares da Avenida Segismundo Pereira fecharam à meia-noite.

A PM divulgou apenas os seguintes endereços:

  • Interdição – Ooze Bar, Seu Rosa, School, Arquibancada, Snooker, Argaman Pub, Fábrica, Garage e uma boate, que não teve o nome divulgado
  • Intervenções – Butequin e Ortizio 211

Não foram informados outros nomes de estabelecimentos.

A ação também realizou a apreensão de 1 aparelho de som e 2 apreensões por comércio informal. Além disso, foram feitas 68 infrações de trânsito e 2 ocorrências registradas contra motoristas embriagados.

Já o Corpo de Bombeiros realizou 8 autuações, cujos detalhes não foram repassados. A força-tarefa realizou, ainda, blitz na Praça Rui Barbosa – conhecida como Praça da Bicota.

Uberlândia bares boates Operação Eirene 18 a 20 de março — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Uberlândia bares boates Operação Eirene 18 a 20 de março — Foto: Polícia Militar/Divulgação

  • Fiscalização em bares para evitar perturbação do sossego resulta em apreensão de drogas em Uberlândia; uma pessoa foi detida;
  • Mais bares e boates são interditados em Uberlândia em fiscalização contra perturbação do sossego e desrespeito às normas de biossegurança
Polícia Militar e bombeiros durante Operação 'Eirene' em Uberlândia — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Polícia Militar e bombeiros durante Operação ‘Eirene’ em Uberlândia — Foto: Polícia Militar/Divulgação

No dia 15 de março, a Prefeitura, a Polícia Militar e o Ministério Público Estadual se reuniram para discutir sobre o problema relacionado aos barulhos, festas clandestinas e perturbação de sossego no município. A reunião foi motivada também pelo atropelamento registrado próximo à Praça da Bicota na madrugada de segunda-feira (14).

Em entrevista à TV Integração na ocasião, o tenente-coronel Carlos Henrique Luiz, comandante do 17º Batalhão da PM, contou que “a polícia vai incrementar as atividades e operações que já vem fazendo no entorno desses comércios. Já temos respostas muito boas, várias apreensões de drogas e autuações no trânsito”.

Conforme o assessor de fiscalização da Secretaria do Meio Ambiente, Luciano Pereira Silva, “a Prefeitura busca intensificar as fiscalizações. Vamos orientar os comércios e esclarecer os atos administrativos necessários. Contamos com o apoio do MP para os novos equipamentos”, detalhou.

Os equipamentos seriam os sonômetros e os etilômetros. Eles são usados para medir o nível do som e para o teste do bafômetro, respectivamente.

VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas



Fonte: G1


21/03/2022 – Paranaíba e Máximus FM

COMPARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on skype
Skype

Mais Notícias de Rio Paranaíba:

Mais Notícias da Região:

SEGUE A @PARANAIBAMAXIMUS

Paranbaíba FM
Máximus FM
Contato Comercial
QUAL RÁDIO QUER OUVIR?